Mande sua mensagem também nas redes sociais.

Notícias

Casa Nova e Chorrochó ganham sistema de abastecimento de água e esgotamento sanitário

postado em 17/08/2013 09:08

Mais de 20 mil moradores das comunidades rurais do município de Casa Nova, no Baixo Médio São Francisco, serão beneficiadas com o sistema simplificado de abastecimento de água e instalação de 3.501 cisternas. A ordem de serviço foi assinada neste sábado (17) pelo governador Jaques Wagner e o presidente da Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba), Elmo Vaz. Eles também assinaram ordem de serviço para ampliação do sistema de esgotamento sanitário de Chorrochó.

9531416294_df3555d284_c

Segundo o secretário da Casa Civil, Rui Costa, em Casa Nova, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), 27 localidades rurais, que convivem com a seca, vão receber água de qualidade. Atualmente, o acesso à água nessas comunidades é feito principalmente por meio de cisternas, carros-pipa ou diretamente no rio pelos moradores.

O projeto no município de Casa Nova compreende três subsistemas com captação de água no lago da barragem de Sobradinho. O sistema simplificado de abastecimento é composto de captação superficial por meio de flutuantes; adutoras de água bruta; tratamento da água por meio de estações de tratamento compactas e clássica; reservação de água por meio de reservatórios elevados; e redes de distribuição, com ligações domiciliares. A previsão é de que a obra seja concluída em outubro de 2014.

9534482326_97116ace0d_c

De acordo com o presidente da Codevasf, Elmo Vaz, as cisternas serão construídas nas localidades onde não há rede de abastecimento. Ele explica que a água é própria para beber e para o preparo de alimentos. Cada reservatório pode armazenar 16 mil litros de água, quantidade suficiente para suprir as necessidades básicas de uma família de cinco pessoas por períodos de estiagem de até seis meses.

“Essa é mais uma obra estruturante que estamos iniciando em parceria com o governo do Estado, e que vai ajudar a atenuar os efeitos da estiagem prolongada em zonas rurais do semiárido”, observa o presidente da Codevasf.

Chorrochó

9531591919_1e21d37772_c

A obra do Sistema de Esgotamento Sanitário na sede do município de Chorrochó vai ser realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Sedur), através da Empresa Baiana de Águas e Saneamento S/A (Embasa), em parceria com a Codevasf, Com investimentos de R$ 8 milhões, a obra consiste em uma estação elevatória (final) e uma Estação de Tratamento de Esgotos (ETE).