Mande sua mensagem também nas redes sociais.

Notícias

Colégio Raphael Serravalle recebe o projeto ‘Legislativo nas Escolas’

postado em 19/05/2016 01:05

Os alunos do ensino médio do Colégio Estadual Raphael Serravalle no bairro da Pituba,  receberam o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Nilo com uma homenagem musical feita pela fanfarra da escola.

_DSC0133

_DSC0138

A estudante Lais Botelho foi a mestre de cerimônia. Antes da palestra, o aluno Winstom, integrante da fanfarra cantou o hino nacional à capela e foi muito aplaudido por todos os presentes.

13254335_982161458504558_5720208041769595171_n

_DSC0186

Marcelo Nilo deu início à palestra falando do cenário político atual. “A política está em alta. O político é quem está em baixa”, disse o presidente elogiando a participação ativa das pessoas na vida política atualmente. Nilo prosseguiu explicando o funcionamento dos três poderes e como se elabora um projeto de lei, ressaltando a importância do legislativo para garantir o bem estar da sociedade, criando leis que lhe beneficiam.13245313_982161398504564_2908651086007333288_n

Ao final da aula os alunos questionaram Nilo sobre a importâ­­ncia da cultura, o ensino da sexualidade nos colégios, o não pagamento aos trabalhadores terceirizados das instituições públicas e o baixo salário dos professores.

A estudante Júlia Gonzalez perguntou o que o chefe do legislativo pensa sobre a cultura. Marcelo Nilo falou sobre o valor dado por ele para a cultura, motivos que desperteu o interesse no seu primeiro mandato como presidente, no projeto “Assembleia Cultural”, que já editou mais de 164 livros sobre personalidades que “fizeram” a Bahia. Nilo ainda criticou a extinção do Ministério da Cultura pelo presidente da república interino.

13238916_982161421837895_7165744214322977202_n

O aluno Gabriel perguntou sobre a introdução do ensino de sexualidade e de gênero nas escolas públicas e privadas. O presidente explicou que antes da votação do projeto de lei do plano estadual de educação, aprovado sem as palavras “gênero” e  “sexualidade”, conversou com o arcebispo primaz do Brasil, evangélicos, o grupo LGBT e pais de alunos. Lembrou, também, que nesta terça-feira (17) no plenário, solicitou urgência para a votação uma matéria sobre o uso do nome social pelos travestis que frequentam a assembleia, mas os deputados entraram em discussão e ficou para ser votado em outra oportunidade.

No encerramento, a professora de história Lurdes agradeceu a presença do deputado e elogiou a sua coragem de aparecer para os alunos no momento de crise política que se vive atualmente no Brasil. A professora enalteceu a figura do politico falando de sua importância para o cidadão e esclarecendo o pensamento equivocado das pessoas de acharem que todo político é corrupto.

_DSC0298

O Serravalle é o 7º colégio a receber o projeto ‘Legislativo nas Escolas’ na tarde desta quarta-feira (18), no qual o líder do legislativo baiano ministra palestra aos alunos que estão se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), sobre a importância da política e o funcionamento do Poder Legislativo.

O programa foi criado há um ano com o objetivo de promover debates entre o presidente e os alunos e incentivar o interesse dos jovens pela política. Desde então, Marcelo Nilo já passou por quase 30 insituições de ensino e palestrou para mais de 5.000 alunos.

Assim como em todas as edições do Legislativo nas Escolas, ao final do encontro foi realizada uma atividade interdisciplinar com o apoio dos professores da instituição. Os alunos que desenvolverem as melhores redações sobre os temas apresentados na palestra serão premiados com kits da Coleção Gente da Bahia, da Alba Edições, que traz perfis de personalidades da história baiana.

O Colégio Estadual Raphael Serravalle é um dos mais tradicionais colégios públicos da capital. Completou no último dia 13 de maio, 42 anos de fundação. A instituição oferece cursos  de ensino fundamental II pela manhã e Ensino Médio à tarde. Na programação escolar estão inclusas atividades com acompanhamento pedagógico; educação ambiental; esporte e lazer; direitos humanos em educação; cultura e artes; cultura digital; promoção da saúde; comunicação e uso de mídias; investigação no campo das ciências da natureza e educação econômica.