Mande sua mensagem também nas redes sociais.

Notícias

Encontro estudantil leva Ciência, Arte, Esporte e Cultura para a Arena Fonte Nova

postado em 27/11/2013 03:11

A segunda edição do Encontro Estudantil Todos pela Escola reúne até esta sexta-feira (29), na Arena Fonte Nova, em Salvador, os principais projetos desenvolvidos durante o ano letivo por alunos e professores da rede estadual. Fazem parte da programação atividades artísticas e culturais, competições esportivas e apresentações científicas com a participação de alunos de todo o estado e um público estimado em mais de 20 mil pessoas. O encerramento do evento será marcado pela final do 6º Festival Anual da Canção Estudantil (Face).

_DSC1018

A abertura oficial do encontro foi realizada na manhã desta quarta-feira (27) pelo governador Jaques Wagner e o secretário estadual da Educação, Osvaldo Barreto. Participaram também da solenidade os secretários estaduais da Casa Civil, Rui Costa, do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Nilton Vasconcelos, de Ciência, Tecnologia e Inovação, Paulo Câmera, e de Comunicação Social, Robinson Almeida.

“Para mim, é como uma reinauguração da Arena Fonte Nova, que pela primeira vez recebe um grande evento voltado para os estudantes da Bahia inteira. Não tenho dúvida que o retorno deles para suas sedes será cheio de energia, depois de encontrar e trocar ideias com colegas de outras cidades e outras realidades”, afirmou Wagner.

Parte da produção de conhecimento construída pelos jovens será apresentada por meio dos 150 projetos na 3ª Feira de Ciências da Bahia edez da educação profissional, além da 8ª Feira Baiana de Matemática, que reúne outros 90 trabalhos.

_DSC1047
Aluno do Centro Territorial de Educação Profissional do Sertão do São Francisco II (Cetep), em Uauá, Henrique Gomes, 16 anos, desenvolveu um projeto que ajuda os estudantes a aprender matemática com a ajuda de jogos e músicas. “O que esperamos é que os professores possam usar métodos melhores para o ensino da matemática e mostrar que ela não é um bicho de sete cabeças”.

No último dia do evento, o palco montado na Arena Fonte Nova vai receber os 15 finalistas do Face. Escolhidos entre os mais de mil inscritos no festival, os estudantes concorrem nas categorias composição e interpretação.

Também fazem parte da programação artística o 6º Sarau dos Tempos de Arte Literária (TAL), com 33 obras selecionadas entre 1.190 escolas estaduais, a segunda edição do Educação Patrimonial e Artística (EPA), que expõe álbuns patrimoniais, e a 1ª Mostra do Cine Prove – Produção de Vídeos Estudantis, reunindo 15 curtas produzidos por alunos. O encontro terá ainda oficinas de esculturas, grafite, artes visuais e literárias, além de um workshop de corais.

Já a Mostra de Artes Visuais Estudantis exibe as melhores obras do projeto. Moradora de Irecê, a aluna Gilplai Pinheiro, 16 anos, é autora de uma das pinturas escolhidas e descobriu o interesse pela arte. “Futuramente quero cursar uma faculdade de artes plásticas”.

_DSC0997

Para o secretário da Educação, a participação nos projetos reflete na qualidade do ensino e no desempenho dos alunos. “A escola precisa ser viva para ter efetividade, e esses projetos possibilitam isso ao chegar à sala de aula e melhorar o ambiente escolar, a qualidade educacional e estimular o estudante a buscar novos conhecimentos”.

Entre as atividades esportivas, os alunos participam de festivais de judô, xadrez e capoeira, além de competições de basquete, futsal, handebol e vôlei.

Fonte: Secom/governo do estado