Mande sua mensagem também nas redes sociais.

Notícias

Marcelo Nilo é eleito presidente da Assembleia Legislativa pela 5ª vez

postado em 03/02/2015 11:02

A segunda sessão preparatória realizada neste dia dois de fevereiro na Assembleia, teve início com a execução do hino nacional e em seguida o juramento do presidente da Casa, deputado Marcelo Nilo. A cerimônia começou pouco depois das 10h15, com a presença dos 63 deputados eleitos no dia 05 de outubro de 2014. Com o juramento, todos os deputados tomaram posse oficialmente de seus mandatos para os quatro anos desta que é a 18ª Legislatura.

_DSC0998

O presidente Marcelo Nilo, durante questão de ordem, explicou os motivos para sua quinta candidatura à presidência da Casa. “Não existe uma candidatura individual, existe uma candidatura sugerida por parlamentares desta Casa. Nós iniciamos um projeto há oito anos, que começou comigo prometendo à Bahia e aos meus pares que faria um mandato independente e harmônico e tenho consciência de que nunca na história deste parlamento, tivemos tanta independência”, declarou. E continuou – “A Bahia sabe que eu quis ser governador e trabalhei muito para isso. Mesmo não conseguindo alcançar meu objetivo, continuei trabalhando intensamente na campanha do governador Rui Costa, ao lado do ex-governador Jaques Wagner. E quando me perguntam como eu consigo ser respeitado por parlamentares da base do governo e da oposição, eu respondo que trato a todos com a mesma dignidade”. Portanto, sou candidato a presidente novamente, por essas condições políticas, pois cheguei onde cheguei com muita luta e respeito ao povo baiano e aos meus colegas”, arrematou.

_DSC0469

Nilo ainda citou todos os parlamentares que compõe a sua chapa. São eles: 1º vice – dep. Adolfo Menezes (PSD); 2° vice – dep. Tom Araújo (DEM); 3º vice – dep. Carlos Geilson (PTN); 4º vice – (reservado para o PT); 1º sec. – dep. Leur Lomanto Jr (PMDB); 2º sec. – dep. Aderbal Caldas (PP); 3º sec. – dep. Fabrício Falcão (PCdoB); 4º sec. – dep. Sidelvan Nóbrega (PRB).

Marcelo Nilo fez questão de ressaltar que uma liminar requerida na justiça solicitando que sua candidatura fosse indeferida, não obteve êxito. “A justiça inclusive decidiu que eu posso sim ser presidente desta Casa novamente. Portanto, sou candidato a presidência da Assembleia. Eu concluo pedindo voto a todos os 62 parlamentares, pois esta Casa conhece a minha história. Viva a Bahia, viva a esta Casa!”, encerrou.

Depois de algumas manifestações e questões de ordem dos parlamentares, o deputado Rosemberg Pinto (PT), também candidato ao cargo de presidente da Assembleia, retirou sua candidatura oficialmente no plenário. Em seguida, Marcelo Nilo solicitou que o Partido dos Trabalhadores anunciassem um ovo candidato para ocupar o cargo de 4º vice-presidente em sua chapa. “Eu peço encarecidamente ao Partido dos Trabalhadores, que anunciem um novo nome para ocupar o cargo que deixei reservado para o PT na nossa chapa”, disparou.

_DSC0943

Após um breve recesso, a sessão foi reiniciada com a votação para presidente da Casa. Todos os parlamentares depositaram seu voto secreto na urna disponibilizada no plenário. Eleito com 51 votos, o presidente Marcelo Nilo começou seu discurso de agradecimento dizendo, “hoje iniciamos a segunda etapa de um projeto que começou há oito anos e a palavra de ordem para essa Legislatura é a consolidação da independência do poder Legislativo”, pontuou. Nilo agradeceu ainda sua família e os pares, que permitiram que ele chegasse ao quinto mandato como presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, mais um feito histórico em sua carreira política. “Hoje talvez seja o dia de maior emoção na minha vida pública”, exclamou. E ainda garantiu que assegurará o direito da população baiana, ao estimular que entrem na pauta da Casa, projetos que beneficiem diretamente o povo baiano”, disse. Além de Nilo, foram eleitos todos os candidatos da chapa formada por ele e para o cargo de 4º vice-presidente, o dep. Pastor Sargento Isidório (PSB).