Mande sua mensagem também nas redes sociais.

Notícias

Recuperação de mais 51 quilômetros de estradas beneficia nordeste baiano

postado em 16/11/2011 03:11

A extensão da rodovia BA-400, que liga o entroncamento da BR-110 ao povoado de Baixa Grande, em Inhambupe, no nordeste baiano, foi restaurada, pavimentada, sinalizada e entregue na manhã deste sábado (12), pelo governador Jaques Wagner.

De Inhambupe, o governador seguiu para a cidade de Aporá, onde outro importante eixo rodoviário será recuperado, o da BA-233, que liga a BR-110 até o município. Lá, o governador assinou a ordem de serviço para a execução das obras.

O investimento de mais de R$ 5,8 milhões realizado em Inhambupe beneficia aproximadamente 75 mil pessoas, incluindo também a população das cidades de Alagoinhas e Entre Rios, que podem trafegar pelos 22 quilômetros de pista em segurança.

6337329266_59fd9b5613

O borracheiro Milton Santos, 24 anos, mora nas proximidades da estrada que liga Baixa Grande a Inhambupe e disse que, após a obra, ele passou a percorrer o trecho de 22 quilômetros em, no máximo, 15 minutos. “Antes da recuperação, eu gastava mais de uma hora. Já vi carro quebrado, atolado, agora está bom”, comemorou.

A melhoria proporcionada pelas obras também foi percebida pelo agricultor familiar José Ferreira de Souza. “Agora eu já consigo vender melhor a produção. Antes, a estrada era de cascalho, só tinha buracos e ficava impossível alguém chegar para comprar meus produtos e eu também não podia sair de casa para vender”.

Aporá

Com investimento de mais de R$ 6,8 milhões, o trecho de 29 quilômetros da rodovia contará com serviços de recapeamento TSS, Tratamento Superficial Simples. O aposentado Clero Gonçalves explicou a importância da obra. “Estamos próximos às BR-101 e BR-110. Se acontecer uma interrupção de trecho, precisamos percorrer 180 quilômetros para alcançar estas vias. Então, para chegar a Alagoinhas, podemos gastar 40 minutos, mas agora chegamos a perder duas horas na estrada. Isso será resolvido com esta obra”.

Segundo Gonçalves, a cidade está localizada em uma área de produção agrícola e pecuária. “Hoje temos dificuldade de chegar com o gado de caminhão até o frigorífico. Isso tudo atrapalha a gente”.

A cantora Andréa Dantas, de Aporá, disse que a população da cidade precisa viajar muito, principalmente para fazer compras ou para cuidar da saúde. “Muita gente também faz faculdade fora. Agora vamos ter o privilégio de viajar em paz, sem buraqueira”.

6336566485_8989eea29e

Governo continua investindo em diversas áreas

Wagner afirmou que os investimentos não se encerram com a entrega da estrada em Inhambupe e com a assinatura da ordem de serviço em Aporá. “Vamos falar com o secretário de Infraestrutura para fazer os quatro quilômetros que faltam para ligar Aporá à estrada que vai de Crisópolis e Acajutiba”.

O governador também disse que Aporá deverá receber, em breve, novos policiais, de uma turma de dois mil soldados que estão se formando em dezembro, e uma viatura para a Polícia Militar. Ele lembrou que, entre 2007 e 2010, foram contratados cerca de sete mil soldados da Polícia Militar para toda a Bahia. “Foi a maior contratação da história. Até dezembro, deverá haver outro concurso para a contratação de mais cinco mil soldados, dos quais, parte deles, deverá reforçar a segurança de Aporá”.

Segundo o governador, para se garantir a segurança pública não basta o investimento na contratação e no equipamento das polícias. “A Bahia já gerou, em quatro anos e nove meses, 450 mil novos empregos com carteira assinada, e eu espero levantar este número, até o final de 2014, para até 700 mil. Cada emprego significa uma família sendo sustentada pelo seu próprio trabalho”.

Fonte: Secom/Governo do Estado